Como saber se a embalagem plástica é perigosa para a saúde?

Embalagem plástica

Com a busca cada vez maior por embalagens práticas para poder levar nossos alimentos e bebidas a todo lugar, o plástico surgiu como um grande aliado. Afinal, possui alta resistência à quebra, é maleável e leve.

Mas será que as embalagens plásticas são totalmente seguras para a saúde? É o que vamos descobrir no artigo de hoje.

 

Substâncias perigosas presentes nas embalagens plásticas

Dentre todas as substâncias presentes nas embalagens plásticas, três delas se destacam pelo seu alto poder de causar danos à saúde humana, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Estamos falando do Bisfenol-A ou BPA, os ftalatos e o estireno.

O BPA, quando ingerido, atua alterando os hormônios do corpo humano, podendo causar puberdade precoce em crianças, infertilidade, vários tipos de cânceres e são fatores determinantes de obesidade. Já o estireno, é altamente cancerígeno.

Por fim, os ftalatos são usados para deixar o plástico mais maleável e são tidos como cancerígenos. As substâncias ainda podem ser usadas pela indústria de vários países, incluindo o Brasil.

Como eles são liberados?

Normalmente eles são liberados, ou seja, contaminam os alimentos e bebidas com o aquecimento. Dessa forma, evite esquentar comida em recipientes plásticos ou beber bebidas quentes, como chá e café, em copos plásticos.

Ainda, recipientes plásticos devem ser lavados a mão em água fria ou morna. Não use máquinas de lavar para limpar os itens, pois eles também não devem ser aquecidos na água, sob o risco de eliminar substâncias tóxicas, assim como acontece no micro-ondas.

 

Como saber se a embalagem plástica contém BPA, ftalatos ou estireno?

Se na embalagem plástica, na parte em que é possível encontrar aquele símbolo de reciclagem, houver os números 3 ou 7, é porque contém o bisfenol A, ftalatos ou estireno. Portanto, observe atentamente antes de comprar ou utilizar estas embalagens.

Veja mais algumas dicas para evitar a contaminação por BPA:

  • Descarte utensílios de plástico lascados ou arranhados;
  • Tente substituir pratos, copos e outros utensílios de plástico. Dê preferência ao vidro, à porcelana e ao aço inoxidável para armazenar bebidas e alimentos;
  • Não esquente embalagens plásticas no micro-ondas, exceto se forem fabricadas especificamente para esse tipo de forno;
  • Não coloque itens comestíveis quentes em canecas ou recipientes plásticos;
  • Confie somente nos produtos certificados pelo Inmetro;
  • Não deixe os líquidos que for ingerir em contato com o plástico por longos períodos.

 

Plásticos São Pedro e a preocupação com a sua saúde

Todos os produtos fabricados pela Plásticos São Pedro seguem as normas e diretrizes do Inmetro. Dessa forma, você pode utilizá-los sem medo e contaminação. Ainda, as matérias-primas são selecionadas, tudo para garantir um produto de qualidade e sem riscos a sua saúde, além de um processo altamente transparente.

Acesse nosso portfólio e veja como podemos te ajudar! Aproveite e faça um orçamento sem compromisso.

Conheça mais sobre os nossos produtos e soluções: curta a nossa página no Facebook ou siga a gente lá no Instagram.

Até o próximo post!

Plásticos São Pedro